Tag Archives: já era

Mamata

15 mar

É que todos se apoiam! Apoiam-se na mordomia de ser feliz. Pena que o ser feliz não é deles, mas sim de outros, aqueles em que eles se apoiam. Ou se opõem. Felicidade gera felicidade e gera inveja também. E tem gente que não se contenta com o que tem. Ou melhor, não se contenta com o que não tem, mas que insistem em lhe oferecer. A esmola é demais todavia nem tem porquê de desconfiança: ninguém aqui é santo! E daí se vai atrás do que é fácil. O difícil? Deixa pra outra hora… Aqui é terra de ninguém, vamos tudo festejar o que se tem e o que não se tem se pega, se implora, com aqueles olhinhos a piscar e piscar que de tanto ir atrás do que não é seu acaba por perder o pouco que se tem… e não se dá valor!

– Dignidade?? Depois se vai atrás!
É, todos queremos mamar…

Música: Mamãe eu quero mamar
Intérprete: Marcha Jararaca
(M. jararaca e V. Paiva)

Anúncios

Num Instante

14 mar

Se afogou em meus olhos e não quis retomar fôlego
Foi um tremor insepulto
Foi como queda d’água
Foi Outono profundo
Foi rebuliço constante

Silenciou minha mente e tomou meu coração
Quis seguir em frente
Quis dar passos pra trás
Quis consumir o semblante
Quis permanecer e só

Avassalou minha alma e em suplicas me tomou
Já era por completo
Já era indiscreto
Já era fato certo
Já era por querer.

E de repente me levou.
Tão seu eu era,
como por mim se dera.
Foi, quis… já era.

%d blogueiros gostam disto: